shoo-shoo

queria te dizer uma coisa menos óbvia
do que:
“eu gosto de quando sua saia gira”
faz um balanço como os cachos do seu cabelo
acho até que nunca te vi de calça comprida

queria dizer que você é linda
linda, linda
o que também é óbvio
e eu queria te dizer algo além disso

dizer o quanto gosto da mistura que é sua voz
raiva com ternura
força com doçura
talvez seja seu sotaque
a companhia dos pássaros que se apaixonam por você
por todos os lugares bonitos onde você passa

eu ainda guardo seus pedaços
uma travessura
os cachos mais curtos, o sorriso tímido
a sua demora em se revelar
(eu sei, agora)
era para me preservar
eu não estava preparado para você
para toda a poesia que há em você

eu queria te mostrar algo bonito
onde não há nada bonito para se ver
não do tipo que te satifaz
eu não soube o que fazer
nada seria suficiente
eu não saberia escolher
ver
a mesma beleza que você

Anúncios