(amor)

Há quem seja
o que tem
o que deseja
o que procura
e que jamais chega

Eu sou o que amo

Não o amor
pacifista
egoísta
expectador

Meu amor é
selvagem
oferecido
ativo

Não o amor
maduro
racional
cru

Meu amor é
inocente
exalado
apaixonado

Sou tudo
e tanto
e partes
de amores criativos

[agosto, 2009]

Anúncios