Após os fogos

Quando me mudei para o apartamento em moro hoje, escrevi isso:

Até pouco tempo, eu só queria tirar o lixo
Varrer e limpar o caminho para o que viria
Hoje seria mais um dia

Então, senti algo diferente:
Já não precisava mais jogar o lixo
Agora é tempo de resgatar o brilho

O que saiu das caixas não foi para a caçamba
Foi para as paredes

Foi em 2013.

É engraçado pensar nisso, nessa mania: todo ano, eu pegava um monte de contas, papeis, qualquer coisa que eu não fosse mais usar e jogava fora (ou doava, se estivesse em boas condições).

Depois de mudar, muitas dessas coisas que “ocupavam espaço” foram pra decoração. E, mesmo dois anos depois, com muita coisa ainda para fazer, é tão bom me sentir em casa, sentir que não há espaço desperdiçado, mas construído.

Anúncios