Meus podcasts favoritos

Fones de ouvido sobre alguns papéis

Há uns 2 anos, quando eu trabalhava por quase 10 horas sem poder conversar muito e vivia com sono, um colega me apresentou o Nerdcast. Foi o primeiro podcast que ouvi, embora já conhecesse a mídia. Além de alguns temas que me interessavam, as risadas deles não me deixavam dormir – e quando eu saía de casa antes de o sol nascer, passava o dia numa sala e voltava para casa no início da noite, o sono era meu maior companheiro.

Acontece que cansei do NC, por um motivo bem fácil de se entender. E passei a procurar por outros programas, já que é uma mídia que muito me atrai. Seja para informação ou para entretenimento, eu adoro ouvir podcasts. Além de aprender, eu sempre tenho assunto e pareço mais uma pessoa mais inteligente e antenada.

Fiz uma lista (sem ordem de preferência) dos meus programas favoritos até agora. Posso incluir ou excluir muita coisa, porque assim é a vida. Aliás, recomendações são bem vindas.

We Can Cast It
Primeiro podcast feminista que ouvi, feito pela Aline Valek e pela Giza Sousa. Acabou rápido, por falta de divulgação e apoio. Felizmente, os episódios continuam disponíveis e eu sempre ouço alguns de vez em quando.

Anticast
Conheci o AC por causa da Sybylla, do Momentum Saga. Num piscar de olhos, virou um dos podcasts que mais ouço e recomendo. Semana após semana, eles melhoram, é incrível! Existe uma “família Anticast” de outros programas, dos quais recomendo o Três Páginas (de análise literária), É Pau, É Pedra (feito pelos patrões do AC, inclusive com um filhote muito bom, o Fala da Sereia, da Ariel Nolasco) e o…

Projeto Humanos
É um podcast em formato de storytelling, feito com muito, muito cuidado. A 1ª temporada me levou às lágrimas em muitos momentos. O Ivan tem feito um excelente trabalho ao revelar histórias (e é disso que somos feitos, né?)

CabulosoCast
Mais um que conheci após a participação da Sybylla (não sou stalker, gente! Apenas acompanho o trabalho da capitã). Pra quem gosta de livros, o Cabuloso é essencial e divertido. Até quando o papo é sobre Linguística (!) é leve, sério.

Xadrez Verbal
Basicamente: uma pessoa só pode se considerar informada depois de ouvir esse podcast. Eu falo sério. O Filipe e o Matias pegam aquela porrada de notícias confusas, com zilhões de links do tipo “entenda a treta que tá rolando” – e que só pioram a situação, porque quando você chega à vigésima página nem sabe mais o que procurava – e condensam num ótimo podcast sobre política internacional. Após zerar os episódios lançados até agora, vou partir para os textos e para o canal do Youtube deles!

O Drone Saltitante
(Sim, também conheci esse por razões de Sybylla). Nem sei o que dizer sobre ODS. Pra quem gosta de Scifi e/ou Fantasia, é prato cheio. Dou muitas risadas com a Diana e, resumindo o rolê, se um dia eu participar de um podcast, quero ser igual ao Igor: aquele que GRITA e SURTA e PERDE A LINHA! Só ouvindo para entender.

 

É isso, por enquanto! 🙂

.*.*.*.*.*.
Imagem: Sebastian Surendar

Anúncios