Toca aí!

Aline Valek e Jarid Arraes segurando o livro As Lendas de Dandara

Na última quinta-feira, 23/07, aconteceu o lançamento do livro “As Lendas de Dandara“, da Jarid Arraes, na Casa de Lua. E foi absolutamente mágico!

Particularmente, fiquei muito feliz em conhecer tantas mulheres incríveis e inspiradoras que eu acompanhava pela internet. A Jarid, Djamila Ribeiro, Aline Valek, Lady Sybylla, só para listar aquelas com quem tive coragem de falar (mentira, a Aline foi quem puxou assunto comigo e quase me arrancou o ar). Também revi algumas amigas e conhecidas com quem o contato já não é tão frequente e foi uma noite de muitos sorrisos.

Enfim, magia define.

Mas teve um toque diferente, um sabor especial: poder apoiar as artistas. Jarid, Aline e muitas outras mulheres (ou pessoas não homem-cis, em geral) que ali estavam sabem o quanto é difícil ter seu trabalho reconhecido numa sociedade machista e racista. Elas chegaram a comentar sobre a falta de representatividade e a síndrome de impostor que as rondam/rondavam.

Mais do que um momento em que eu conheci as divas, eu pude agradecer pessoalmente, olhos nos olhos. Trolls e comentários negativos existem aos montes, brotam livremente; declarar apoio e admiração é uma tarefa de formiguinha, mas essencial. Pior é que, muitas vezes, demonstramos nossa indignação compartilhando aqueles links com as notícias ruins, propagamos justamente o que não merece ibope – enquanto escondemos nos nossos favoritos as histórias maneiras, que podem inspirar ou ajudar muita gente. A Giza Sousa fazia ótimas postagens no Valorize As Minas, por exemplo.

(a Sybylla disse “uma pessoa leu, já tá valendo!”, enquanto eu mal conseguia lembrar dos nomes dos ebooks que li dela, tão impressionado que estava com toda sua aura de guerreira galáctica)

Para quem não foi (e perdeu a Jarid cantando e encantando), teve um hangout aqui. O livro já está à venda, versão física e ebook (link láááá no ínicio). E eu escrevi uma resenha no skoob, porque demonstrar apoio nunca é demais.

Então, highfive e leia/divulgue o trampo de quem você gosta, de quem (te) faz bem.

Anúncios